Conceção da esteira

As correias transportadoras e de processamento da Habasit são normalmente constituídas por diferentes camadas, com resistência à tração fornecida pelas camadas de tecido sintético. Estes tecidos estão ligados por camadas de materiais termoplásticos !!!  NEW text  to be translated  !!! << in conveyor belts with multiple plies or fabric layers. Most Heavy Conveyor Belts are produced with an interwoven or nonwoven "single ply" construction. >>  A espessura e textura do material do lado de transporte depende da função da correia.

Os revestimentos das coberturas são essencialmente fabricados em materiais termoplásticos como o TPU, TPO, PVC, etc. e borrachas de tipo elastómero, PUR, etc. – ou apresentam uma cobertura de tecido. O lado de funcionamento é normalmente de tecido, muitas vezes impregnado com um material termoplástico ou com PUR especialmente resistente ao desgaste que oferece um baixo e constante coeficiente de atrito. Também existem tecidos do lado da polia que apresentam uma funcionalidade especial com capacidades de funcionamento com baixo ruído.

Material
Uma ampla gama de diferentes materiais de polímero, como termoplásticos ou elastómeros (borracha) oferecem todas as funcionalidades requeridas para determinadas aplicações. Saiba mais nas nossas páginas Materiais.

Superfície
Uma superfície de correia bem concebida suporta tanto um transporte seguro das mercadorias transportadas, bem como o processo em que a correia é utilizada. A seleção cuidadosa é essencial, por forma a encontrar a correia certa para cada aplicação de transporte ou de processamento.
Para mais informações sobre ferramentas veja a tabela seleção da superfície.

Camada de tração
A classe de resistência de cada correia é determinada pelo seu material da camada de tração ou composição do tecido. O tecido é geralmente incorporado nos polímeros (termoplásticos ou elastómeros), que o protegem das influências externas como a humidade ou a luz, bem como dos danos mecânicos através do desgaste. Apesar da baixa espessura, o tecido elástico oferece resistência e flexibilidade longitudinais, o que é essencial para lidar com o diametro da polia e diâmetros dos gumes de faca envolvidos.

Empalme
As nossas correias transportadoras e de processamento são produzidas em bobinas a metro . Para colocar uma máquina em funcionamento, as correias são cortadas com largura e comprimento apropriados e unidas formando um sem fim. Dependendo dos materiais da correia, esta é fabricada de modo empalmada utilizando adesivos (método Thermofix) ou com o nosso método de empalme Flexproof sem adesivos. Para mais detalhes, consulte Fabrico.